Os 10 destaques da música underground nacional

Foto: Flow & Zeo

Artigo por Gabriel Gonzalez
DJ, A&R e jornalista musical

Está sendo um primeiro semestre bastante agitado e mais que especial no país para alguns produtores brasileiros que enveredam por caminhos mais alternativos em suas produções até agora. Na busca por produzir um som mais original e menos preso a tendências, eles vêm encontrando êxito e tendo seu talento reconhecido mundo afora.

Confira os destaques:

Tivemos colaborações que atravessaram o Atlântico, como no caso do duo carioca Flow & Zeo que colaborou com o francês Dimitri Nakov em ‘Outsider’. A faixa saiu pela Plano B Records, selo do também carioca Art In Motion. O duo paulista Binaryh lançou com o ucraniano Arude a track ‘Protocol’, pela berlinense Steyoyoke Black (sub-label da Steyoyoke), onde eles já são de casa.

Tivemos também um remix do nosso powerhouse Victor Ruiz para ninguém menos que Olivier Giacomoto saindo pela renomada Noir Music em um EP de remixes para o hit do underground ‘Bipolar Star’, de autoria do francês.

Victor Ruiz

Excelentes tracks originais saíram também em selos nacionais. ‘Voyage’ do paulistano Against The Time, foi lançada pela label Timeless Moment do carioca Morttagua.

Redemption’ da dupla paulista IAO, que foi recentemente lançada por Gui Boratto em seu selo D.O.C. Records.

Gui Boratto também lançou seu novo single, ‘Forgive Me‘. Ouça abaixo:

A DJ e produtora BLANCAh, que foi destaque no Top 10 Sonzeiras da semana passada, entregou um fantástico remix para a faixa ‘Ojas‘, lançada em um selo Inner Symphony, do alemão Soul Button.

Incríveis faixas originais foram lançadas em selos gringos, como no caso dos EPs solos de Volkoder (Material) e Wehbba (Drumcode).

Get Physical Presents Cocada – Vol. 1

Outro destaque desse trimestre foi a coletânea “Cocada”, lançada pela icônica gravadora alemã Get Physical, que conta com tracks de artistas como Mumbaata, Gabe, HNQO, Afternude, Digitaria, Bruce Leroys e Andre Salata.

Ouça as tracks na playlist abaixo: