Festa BASE traz Fisher e comemora 10 anos em festa histórica no Rio de Janeiro

Uma das festas mais tradicionais do Rio festeja uma década no dia 15 de setembro com 11 atrações, entre elas o fenômeno australiano Fisher e você pode ganhar um par de convites.

A FESTA

Pier Mauá

Poucas festas no Rio de Janeiro atingem a marca de 10 anos de história. Numa cidade em que tudo muda com muita rapidez, não é uma tarefa fácil. Produzida pelo publicitário Yuso Barros e os DJs Pedro Mezzonato, Felipe Fella e Bernardo Campos (que formam o BASE Crew), a festa soube se reciclar e continuar na crista da onda.

A BASE ficou conhecida por conciliar com maestria ritmos e tribos diferentes, especialmente a cena eletrônica com a black music. Já passou por vários points da cidade e trouxe ao Rio atrações inéditas. E quem frequenta sabe que ela tem uma energia única.

Entre os grandes artistas nacionais e internacionais que já passaram pelo line-up estão Gene Farris, Renato Ratier, Audiojack, Sonny Fodera, German Brigante, Miguel Campbell, D Ramirez, Joyce Muniz, Elekfantz, DJ King, Zedoroque, Nedu Lopes, DJ Nuts, KL Jay, entre outros.

A EDIÇÃO DE 10 ANOS

Fisher

O Electronic Stage terá grandes nomes da cena nacional como Chemical Surf, Dashdot e Volkoder. A maior atração será o australiano Fisher, sucesso no mundo todo com sua irreverência e uma incomparável presença de palco, responsável por 4 grandes hits atuais das pistas como “Losing It“, “Stop It“, “Ya Didn’t” e “Ya Kidding“.

Igor Cals, um dos produtores da festa, falou um pouco sobre essa edição:

A força da BASE ao longo desses anos todos vem principalmente por ser uma festa muito eclética, que abraça muita gente. Para marcar os 10 anos, vamos manter a receita de sucesso com duas pistas: música eletrônica e black music/hip-hop.

O trio BASE Crew, formado pelos anfitriões, fará as honras da casa.

A Blackbase, pista de hip-hop e black music, terá duas atrações de São Paulo – Pathy Dejesus e Kefing, além dos cariocas Saraiva (residente da festa), Tucho, Feijão e Pauly.

 

A HISTÓRIA DA BASE

Foto: Patrick Gomes

A BASE nasceu em 2008 com o nome Fosfobase, em uma comemoração de aniversário do sócio Yuso Barros no Fosfobox, club underground em Copacabana. Em 3 anos o público cresceu e a festa teve que mudar de casa.

Cabbet Araújo, dono do club, continua fã da festa até hoje:

Embora a BASE já esteja fora do Fosfobox há muito tempo, eu lembro com muita saudade das noites que aconteciam a Fosfobase.

O terceiro aniversário já foi no Espaço Acústica, na Praça Tiradentes. A festa passou a se chamar BASE e não parou de crescer. Passou pelo Vidigal, Mansão do Joá, MAM e Estação Leopoldina, onde aconteceu a inesquecível “Trilogia dos Trilhos”: três eventos seguidos na estação abandonada, marcados na memória dos frequentadores.

Em setembro de 2015, a BASE fez sua primeira edição no Píer Mauá, onde bateu seu recorde de público com quase 5 mil pagantes. Agora a festa está de volta ao Porto para o que promete ser a maior edição de sua história.

Felipe Fella, Bernardo Campos, Pedro Mezzonato e Yuso Barros

Yuso Barros afirma:

Desde 2008, a gente faz festa por música e estamos completando 10 anos. Pode ter de tudo no evento, mas o principal sempre será a música. É algo que levaremos até o fim. Se um dia a BASE morrer, alguém vai reviver por causa de música.

 

CONCORRA A UM PAR DE CONVITES

Se liga na promo no nosso Instagram e concorra a um par de convites para a edição de 10 anos da Festa BASE.

Clique aqui no nosso perfil e saiba como participar.

Para saber todas as informações do evento, o line-up completo e como comprar seu convite, clique aqui para acessar o link oficial do evento.